BeteBrito.com - Artista Plástica



Pigmento - Tinta Natural

por Bete Brito

Categorias: Artigos

7/07/2007 às 19:19

Por volta de 1856, William Henry Perkin, químico inglês obteve o primeiro corante sintético, quando foi diferenciada a tinta natural e artificial.

As pinturas ruprestes até o tingimento das roupas dos reis a tinta usada era a natural. Os ricos usavam roupas coloridas e os pobres roupas sem tingimento, pelos custos, as cores eram símbolos de nobreza.

Os pintores de tela tinham que preparar sua própria tinta, com raízes secas, pedras e outros materiais.

Podemos extrair cores de várias partes das plantas: raiz, caule, folhas, flores e sementes. Sendo que as cores extraídas das raízes são escuras, as dos caules médias, e as cores das flores e folhas são luminosas mas difíceis de fixar.

São instáveis, mas obtemos lindas cores de flores e frutos. As pinturas feitas com tinta vegetais são frágeis e não podem ficar ao sol.

A liquidificadas devem ser descartadas após o uso ou guardada na geladeira por alguns dias. Já as tintas vegetais de infusão no álcool podem ser guardadas por tempo indeterminado.

Alguns exemplos: urucum em pó + álcool

beterraba + álcool

cenoura + álcool

amora + água

folhas verdes + água

semente de urucum + água

As tintas feitas com terra ou argila não perdem a cor, nem mesmo sob sol forte e não apresentam problemas de conservação.

Necessita de cuidado e paciência a extração do pigmento, apesar de ser um processo simples e fácil.

A extração por peneira consiste em peneirar a amostra coletada até obter um pó fino. Este pó é o pigmento.

1 - separe toda sujeira.

2 - peneire na peneira de malha grossa.

3 - peneire novamente em outra peneira de malha mais fina.

4 - repita o processo em outra peneira mais fina.

5 - o pó obtido guarde em um vidro.

Seu pigmento esta pronto para virar tinta.

Quando formos coletar materiais , não devemos esquecer de preservar a natureza, coletando material que já esteja caído no chão. Se for necessário colher plantas vivas, devemos tomar cuidado de não retirar muitas plantas do mesmo local, porque alteramos o meio-ambiente.

A natureza apresenta algumas plantas tóxicas como espirradeira e comigo-ninguém-pode, porém a tinta natural tem menos riscos que a artificial.


76 Comentários

1 2 3 ... 5

© Copyright 2017 BeteBrito.com - Artista Plástica. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por kristopher.biz